Projeto – (Re)conhecendo Balneário o Arroio do Silva.

06/06/2017 02:00

Disciplinas: Artes; Geografia; História; Língua Portuguesa.
Turmas: Ensino fundamental II (8º e 9º anos)
Período: II trimestre de 2017 (junho, julho e agosto).
Objetivo geral:
Por meio da metodologia desenvolvida como objeto de pesquisa da mestranda Gabrielli Ciasca Veloso, sob a orientação e coorientação da Prof. Dra. Andréa Cristina Trierweiller e Prof. Dr. Robson Lemos respectivamente, os alunos participantes devem selecionar informações por meio de pesquisa oral (entrevistas) ou bibliográfica (em meio virtual ou impresso), do arquivo histórico cultural digital do município de Araranguá (http://labmidiaeinteratividade.ufsc.br/memoriasdigitais/tdigital/ ) e enviá-las aos professores em um formulário on-line (https://goo.gl/forms/OtVWIQlIVTox9HIu1 ) para posteriormente serem disponibilizadas no site Memórias Digitais de Araranguá.
Objetivos específicos:
•Conhecer a história do município;
•Valorizar o arquivo histórico;
•Perceber as transformações do espaço geográfico local;
•Reconhecer as relações sociais;
•Identificar-se como ser social e agente histórico;

Público alvo: 8º 01, 8º 02, 8º 03, 9º01 e 9º02.
Metodologia (etapas do trabalho):
 O trabalho poderá ser feito de forma individual, em dupla ou no máximo três participantes, todos da mesma turma;
Acessar o site do projeto, e escolher a foto na pasta “Balneário”. Endereço: http://labmidiaeinteratividade.ufsc.br/memoriasdigitais/tdigital/

Após a realização da pesquisa, o aluno deverá inserir todas as informações coletadas no endereço: https://goo.gl/forms/OtVWIQlIVTox9HIu1

De 3 a 30 de Julho, Avaliação por parte das professoras e/ou banca avaliadora do trabalho desenvolvido pelos alunos.

Ao final do projeto os textos produzidos serão apresentados à toda comunidade escolar.

Avaliação: O aluno participante que atingir os objetivos propostos terá direito a 1,0 (um) ponto na média do II trimestre nas disciplinas participantes do projeto.

Fonte da imagem: Arquivo Histórico do Município de Araranguá – O Centro Cultural Máxima Astrogilda de Souza