Promovendo a integração de professores e alunos de escolas de educação básica da rede pública ao patrimônio histórico

10/04/2017 14:21

Na última semana obtivemos aprovação da nossa primeira bolsa de extensão no ProBolsas 2017. E neste post queremos apresentar a vocês um pouco mais deste projeto:

PROMOVENDO A INTEGRAÇÃO DE PROFESSORES E ALUNOS DE ESCOLAS DE EDUCAÇÃO BÁSICA DA REDE PÚBLICA AO PATRIMÔNIO HISTÓRICO

Coordenadora: Professora Andréa Cristina Trierweiller

Prof. Paulo César Leite Esteves

Prof. Robson R. Lemos

Integrantes: Mestranda Gabrielli Ciasca Veloso

Bolsista de extensão: Pedro Rocha Solema Ferreira

Integrantes do LABeGIS

Sem título-4

O objetivo deste projeto é aplicar metodologia adaptada do IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) junto aos professores e alunos de escolas de Educação Básica da rede pública – nas disciplinas de Geografia e História – para seleção de informações e construção dinâmica do conhecimento referente ao Patrimônio Histórico do Município de Araranguá, a partir do acesso às imagens do acervo digital (documentos e fotografias), via aplicação Web já existente, resultante de trabalho denominado Memórias Digitais de Araranguá.

A partir da experiência em dois anos no projeto “Digitalização do Acervo do Arquivo Histórico do Município de Araranguá” realizado através do Edital da Bolsa Cultura da Universidade e contando com a orientação do Professor Doutor Paulo Esteves, foi organizado e digitalizado todo o acervo fotográfico e parte do acervo documental do Arquivo Histórico de Araranguá. Em um segundo momento, buscou-se a disponibilização deste material de forma a propiciar uma melhor condição de acesso e pesquisa, através das TICs, a todos os interessados na preservação e difusão da memória histórica do município através de um Quiosque Digital, denominado Totem Digital (VELOSO, 2014) e posteriormente em uma aplicação Web denominada Memórias Digitais de Araranguá (ALMEIDA; CANDIDO, 2016) ambos sob orientação do Prof. Dr. Robson R. Lemos.

A região tem baixos níveis de Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e Renda Per Capta, ao ser comparada com outras regiões do Estado de Santa Catarina, o que reforça a importância social deste projeto, a ser conduzido em escolhas públicas. Como maior impacto positivo, espera-se promover a inclusão digital de um grande número de alunos e professores da educação básica, que poderão a partir da utilização e aproveitamento das novas tecnologias baseadas na Internet, disponibilizar informações on-line, identificando e se apropriando do patrimônio histórico e cultural da sua localidade e assim, integrando os sujeitos à sua história, identidade local e consequentemente, construindo o respeito ao patrimônio público, de todos os cidadãos.
Sem título-7

Sem título-6

Sem título-5

 Fotografia: Tiago Beduschi Siewerdt